PARA FAZER O CAMINHO

1. Faça sua reserva na palestra orientativa

2. Faça sua pré-inscrição*

Para fazer a inscrição é necessário que assista a palestra e receba o comprovante.

Informações

Telefone:
11 2215-1661

O CAMINHANTE NÃO EXIGE, AGRADECE.

Livro Eletrônico

Direto Santiago Compostela

 

             Acacio da Paz

 

APOIO

 Preparatório ao Caminho de Santiago de Compostela          CAMINHEMOS JUNTOS NO FACEBOOK EM                     "Caminho Do Sol Brasil"    
/ Depoimentos Ciclistas
2006

437 - Nome: Mauro Renato Fett Data: 23/12/06
Prezados Jose e Fátima Palma,
Em nome do grupo Marcelo, Fernando, Osmar, Remigio e Mauro, agradeço aos momentos de agonia, expectativa, anciedade e felicidade que sentimos antes, durante e no finalizar do “Caminho do Sol”, sentimentos estes que somente serão vivenciados por quem fizerem. Olha, vocês capricharam. Parabens. Iremos fazer pequenas sugestões brevemente sobre o roteiro. O Sr. Jesus da Pousada Alegria vai precisar de ajuda, um vendaval destelhou parte da casa. Nota: no restaurante Paker, fui tomar banho de mangueira e deixei meu “Passaporte” sobre o parapeito da janela, achei que tinha perdido, comuniquei ao Sr. Jesus e às pessoas na chegada em Águas de São Pedro. Peço se o encontrarem me enviem pelo correio, por gentileza. Grato

436 - Nome: Valdir Data: 15/08/06
Tudo começou em 2002 qdo comecei a fazer trilhas aqui em itu onde moro. Ao passar por alguns trechos via as setas e discos de arados com um sol desenhado, acabei então conhecendo o caminho do sol. Passaram-se alguns anos e me interesseis em fazer o caminho. Coincidentemente um amigo aqui de itu, o Rodrigo também se interessou em fazer e acabados fazendo o caminho do sol. Partimos de itu na noite do dia 20/07/06, meu irmão Walmir mais outro amigo Ismael nos levaram de carro até Santana de parnaíba. Na sexta feira partimos logo de manha, e a adrenalina do pedalo não era muito diferente daquilo que já estávamos acostumados a fazer, chegamos então na fazenda Vesúvio onde pernoitamos acompanhados, eu com minha esposa Adriana e o Rodrigo com a namorada Flavia. No sábado, tb pulamos cedo e começamos a girar com a mesma normalidade das trilhas que fazemos nos finais de semana, chegamos a monbuca na pousada da Valquiria, pessoa muito atenciosa que nos acolheu com o todo conforto possível. Domingo, reta final.... pulamos da cama as 05:00 (que bom que a Val concordou.....), tomamos um belo café da manha e começas a girar as 06:00, tudo normal para um domingo..... até monte branco tudo certo, a partir daí comecei a perceber alguma coisa de diferente no ar, não era somente uma volta de bike, momentos de reflexão começaram a surgir, e acompanhado a isto, nos perdemos, pneu furou... enfim.... a tranqüilidade já não era a mesma, o cansaço começou a dar sintomas... andamos 20 kms a mais que o normal, fomos parar em piracicaba.... cansados, com o compromisso de chegar a águas de são Pedro até as 16:30, onde minha esposa e a namorada do Rodrigo nos aguardava.... Como num passe de mágica, acenei desesperadamente para um casal de saveiro, que pararam e nos levaram de volta ao ponto onde nos perdemos, Ártemis. durante o percurso pira-artemis, o rapaz da saveiro nos contou que morou em itu e que era jogador de futebol do ituano.... Por Deus.... naquele momento meus olhos encheram d'agua, senti dentro de mim uma paz muito intensa, ria a toa.... Conclui que o caminho da nossa vida as vezes nos parece fácil, somos as vezes teimosos em acreditar somente na nossa razão e que somos capazes, isto não é verdade, precisamos sempre de ajuda. O caminho do sol é um caminho fraterno, encontramos muitas pessoas pelo caminho que nos ajudaram de prontidão e sempre com sorriso na face... Pessoas que doam sem esperar troca. Dicas aos ciclistas: não exagerem nas bagagens, não levem muita comida, pelo caminho é possível parar para comer em vendas e bares e não se gasta muito. Água, de preferência uma mochila de hidratação (camel back), muita água.... o caminho é muito árido, protetor solar e equipamento: capacete, luvas, camisetas brancas de manga longa dry fit. barras de cereal e torrene foi minha dieta básica durante o percurso. fizemos em 3 dias, mas o percurso monbuca-águas são Pedro é o trecho que mais exige do ciclista e da bike, portanto, leve tb uma escova de dentes e detergente neutro para limpeza da relação, limpe a relação todo final de percurso, leve tb óleo finish line, mas não exagerem na dosagem senão vira pasta na corrente, muito pó e areia. Aconselho, a quem não está habituado a percursos longos, fazer em mais dias.

435 - Nome: Giuliano H. Vieira Data: 24/04/06
Quero te agradecer por ter criado o Caminho do Sol. Parto Amanhã 25/04 para o Caminho de Santiago. O Caminho do Sol me serviu para organizar ainda mais minha logística, me dar segurança, conhecer os limites, meus e da minha Bike, as contingências, o tamanho da mala, as dificuldades e enfim, foi uma grande preparação. Aos ciclistas, seja para se preparar, seja para se conhecer ou simplesmente pelo esporte, como foi o meu caso. Segue minha recomendação pelo Caminho do Sol. Aproveito ainda para agradecer o Palma, pela paciência de termos mudado a logística vários vezes. Agradeço também a “vó” e todo o pessoal que nos recebeu durante o Caminho. Saibam que certamente me lembrarei de vocês em Santiago. O contato com os caminhantes e com o povo das cidades, é fantástico. O ritual da chegada e a forma hospitaleira que nos recebem é impagável. Falando aos ciclistas, Minha sugestão é de fazer em 3 dias. Fazendo nos dois primeiros dias uma carga maior e no último dia segurar um pouco, pois o trecho final tem algumas subidas. Levem a menor quantidade de coisas POSSÍVEL (vão se lembrar disto nas subidas). Entendo que a melhor forma, pelo menos para nossa equipe foi, fazer 60% a 80% do percurso antes do almoço. Estou à disposição para tirar quaisquer dúvidas e ajudas que algum ciclista quiser para fazer o Caminho do Sol. Grande abraço / Boa Sorte

434 - Nome: Francisco Pellegrini Data: 24/04/06
Gostei muito de fazer o Caminho do Sol porque ao longo do percurso pude pensar e repensar muita coisa que passei na vida e que o dia a dia da vida cotidiana não nos dá tempo para refletir, foi muito importante para uma auto análise e auto conhecimento, principalmente por ter feito só, pois não havia ninguém para conversar e aconselhar em caso de duvidas, era eu comigo mesmo, minha fé, minha perseverança e determinação me deram força para seguir em frente. Aprende-se a ter também um auto controle, como ocorreu uma vez que eu passei por uma placa de sinalização que estava meio escondida entre a plantação e andei quase 8 km no sentido errado, quando percebi fiquei muito preocupado, pois já eram 16:30 e a fazenda Milhã fecha suas portas as 18:00, começou a dar desespero, mas então parei e falei comigo mesmo para ter calma e pensar numa solução sem apavoração então voltei ao ultimo ponto conhecido e encontrei o caminho certo. Muitas vezes ao agirmos assim nos problemas da vida podemos evitar muitas coisas desagradáveis que só nos fará arrepender mais tarde. Enfim O Caminho do Sol só nos faz aprender e crescer como pessoa e ser humano. Agradeço e parabenizo ao José Palma e Fátima Palma pelo suporte e organização do evento.

433 - Nome: Gilson Data: 30/01/06
Caros amigos,
Já se passou algum tempo desde que Roberta, minha esposa e eu percorremos de bike, o caminho do sol. Toda preparação já nos havia proporcionado momentos muito especiais. Até que no dia 26 de Dez de 05, começamos nossa viagem. O Caminho nos surpreendeu, acostumados aos desafios e distâncias das corridas de aventura, estávamos preparados para o esforço físico, as condições climáticas e muitas outras situações pelas quais já havíamos passado antes. A novidade foi á serenidade e energia deste percurso, ás pessoas que conhecemos e seus simples gestos de carinho e atenção. A Adriana na Pousada Monte Branco, juntamente com o Jesus foram de suma importância para que cumpríssemos nossa jornada. As paisagens e momentos dos quais desfrutamos juntos, jamais sairão de nossos pensamentos. Foram três dias de muito pedal, muitos e muitos pensamentos sobre nós mesmos e sobre tudo que ocorre em nossas vidas e uma importante vitória a cada dia. A chegada á Águas de São Pedro foi especialíssima, com a calorosa recepção do Sr. Mino Blanco e seus versos, repentes e suas alquimias naturais. Acredito que o simples gesto de badalar um sino, nunca tenha sido tão importante. Aguardamos um pouco e o Palma chegou com nossos Arasólis e sua bela namorada. Foi uma cerimônia da qual nunca me esquecerei. Muito obrigado Palma!!! No dia seguinte fui receber um outro casal que terminava o caminho, também de bike, a pedido do Palma. Ao repetir a cerimônia e entregar-lhes o Arasólis, percebi a importância de dividir experiências tão íntimas, com outras pessoas e quão profunda é a marca deixada por este caminho em nossos corações. Agradeço muito á Fátima, que apesar da distância, estava sempre ao alcance de nossos dedos. Era só ligar e lá estava ela pronta para resolver qualquer situação. Tudo foi perfeito, certamente farei novamente este caminho e levarei comigo, mais pessoas das quais gosto muito. Recomendo o Caminho do Sol a todos os que querem fazer algo importante por si mesmos. As setas lhe ensinarão coisas simples e importantes sobre a vida!

432 - Nome: Roberta Data: 07/01/06
Fazer o caminho do sol de bike, foi uma experiência rápida e surpreendente. Foi muito gratificante vencer alguns desafios e conseguir chegar. Os lugares que passamos foram MARAVILHOSOS, gostaria de agradecer a cada um que no meio do caminho nos brindou com uma palavra, um gesto ou simplesmente pela presença, que deu muita força e coragem para que o percurso fosse cumprido com grande êxito. Esta foi a melhor forma de encerrar o ano de 2005, para mim um ano maravilhoso fechado com momentos tão especiais. Feliz 2006 para toda a equipe do caminho do sol, pessoas abençoadas que nos garantem conforto e alegria!!! Grande beijo a todos.




DEPOIMENTOS DE CAMINHANTES

.....

E que a benção da chuva suave e boa seja contigo.

Que ela tombe sobre tua alma para que todas as pequenas flores

possam surgir e derramar suavidade na brisa.

Que a benção das grandes chuvas seja contigo,caindo em sua alma

 para lavá-la bem lavada nela deixando muitas poças reluzentes,

onde o azul do céu possa brilhar e às vezes uma estrela.

1203 - Rosa Maria Cezar

 

O que é o Caminho ? Resumindo ... é um abraço multifacetado , mais forte, mais carinhoso, de mãe, de filho, amoroso, dependendo da situação.
Nos mostra que há algo que não se explica, que está aí permanentemente , basta estarmos atentos e com o coração aberto.

1170 - Vivian Rapp Nölting

» Leia os depoimentos completos

 

DEPOIMENTOS DE CICLISTAS

“AGRADECIMENTO ESPECIAL

Ramón, meu caro, você é o cara. Um dia te dei minha mão para guiar teus passos inseguros, próprios da criança que começa a andar. Caminhamos juntos, por muito tempo, você amparado por minha fragil, mas segura mão. Eu sempre à frente, você a um passo atrás. Os anos foram passando, você ganhou autonomia no seu andar seguro, inteligente, confiante e vitorioso.Fomos companheiros de rir, chorar, mijar juntos. Creio que nesta experiência que tivemos (Caminho do Sol) , em nada aumentou esse companheirismo. Em nada aumentou a reciprocidade de nossos sentimentos. Não se acrescenta algo a aquilo que é pleno, total, imensurável, infinito. Apenas, eu seu pai, tive a oportunidade de ter sua mão segura e carinhosa, a guiar o meu caminhar, nesta empreitada. Foi sua vez de guiar meus passos,( no caso, pedaladas) cansados e trôpegos pelos quase 80 anos (não espalha...). Mas VOCÊ, foi mais sábio, diria anda, mais respeitoso. Nunca passou à minha frente... Nunca fez prevalecer seu físico jovem e priviligiado, na dianteira do caminho. Sempre na retaguarda, atento, vigilante, cuidadoso. Amigo, obrigado. Paro por aqui, antes que uma lágrima denucncie minha emoção.Beijão no seu coração. Papai."

Celen Orives
469 - Celen Orives
» Leia o depoimento completo

PRODUTOS

Severo Solutions